A importância do contato pele a pele entre mãe e bebê

O contato pele a pele, entre mãe e bebê, é primordial para o desenvolvimento saudável da criança, principalmente as que nasceram prematuramente ou com peso baixo.

contato-pele-a-pele

Desde 1990 que existe o Projeto Canguru aqui no Brasil, que veio através de uma iniciativa dessa implantação feita na Colômbia, para tentar diminuir o número de leitos ocupados nas UTI´s neonatais do país. Apenas em 2000 é que esse projeto se tornou uma política do Ministério da Saúde.

A técnica consiste em manter a criança em contato com a mãe, pele a pele, ou seja sem o contato com roupas, apenas a pele nua do bebê junto da pele nua da mãe. Estudos comprovam que esse tipo de contato ajuda crianças que nasceram de partos prematuros a se recuperarem mais rapidamente.

Esse contato é um alívio e uma cura para vários males que podem afetar a mãe a criança, permitindo que o bebê se desenvolva melhor e com mais saúde.

5 benefícios do contato pele a pele do bebê com a mãe

Se você nunca tinha ouvido falar sobre esse assunto, veja abaixo 5 benefícios que ajudam mães e crianças quando praticam o contato pele a pele.

1 – Alívio das dores

Pela proximidade do bebê com a mãe no pele a pele, as crianças ficam mais calmas e reagem melhor a procedimentos onde exista dor (coleta de sangue, por exemplo). Um estudo feito na China, constatou que os bebês que passam por esse contato sentem menos desconforto. Essa relação, cria uma resposta cerebral diferente nos pequenos, que acabarão tendo uma melhor resposta à dor no futuro.

2 – Calmante natural

Quando a criança reconhece a respiração da mãe, ela se acalma e seus batimentos cardíacos ficam mais estáveis. Ela sente segurança e por isso fica mais tranquila, chora menos e até dorme melhor.

3 – Menor risco para ter infecções

O contato pele a pele, fornece ao bebê muitas bactérias benéficas que vem da pele da mãe, essas bactérias agem diretamente na flora intestinal da criança. Isso faz com que o bebê ganhe maior proteção contra possíveis infecções graves que podem ocorrer nos primeiros meses de vida.

4 – Deixa a amamentação mais fácil

O contato pele a pele favorece a produção do hormônio ocitocina que é responsável pela redução do estresse, o que ajuda a aumentar a produção de leite. Além disso, esse contato aumenta o número de amamentações que ocorrem dentro do hospital e depois, quando a criança já está em casa, prolongando-se por muitos meses. A mulher estando mais tranquila consegue amamentar melhor e por mais tempo.

5 – Menor estresse da mãe

Em casos de partos prematuros, ou bebês que nascem abaixo do peso, a preocupação da mãe é muito grande, aumentando os níveis de estresse. Com o contato pele a pele a mãe sabe que o bebê está bem, ela sente essa melhora e desenvolvimento e fica muito mais calma, inclusive, diminuindo os níveis de cortisol no sangue. Esse hormônio é o que desencadeia nossas reações ao estresse. Ele estando em baixa significa que estamos calmos e tranquilos.

Agora que você conhece os benefícios do contato pele a pele, experimente praticar isso com seu bebê sempre que possível, e melhore a qualidade de ambos.

Post Author: Sofia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *