Sinais e sintomas do parto prematuro

Parto prematuro, é aquele que acontece antes da 37ª semana de gestação. Mulheres que sintam contrações regulares, que possam provocar uma dilatação, ou que deixem o útero mais fino antes da 37ª semana, estão passando por ameaça de parto prematuro.

parto-prematuro

Toda mulher gestante fica ansiosa para ver o rosto de seu filho, e em alguns casos o bebê acaba chegando mais cedo que o esperado. São os chamados bebês prematuros que nascem antes da 37ª semana e precisam de cuidados especiais, já que seus órgãos ainda não estão suficientemente fortalecidos para a vida fora do útero.

Apesar de serem mais comuns do que imaginamos, a medicina ainda não tem todas as respostas para dizer o porquê esse tipo de coisa acontece. Porque algumas mulheres saudáveis sentem contrações antes do momento certo para o bebê chegar.

Assim, não existe uma profilaxia correta ou ainda maneiras de evitar que isso aconteça, existem condições que podem ocasionar o acontecimento, mas que são erráticas e não significam um padrão para todas as mulheres. Em alguns casos, pode haver a ameaça e o bebê nascer realmente após as 37 semanas, tudo ainda é um mistério.

Mulheres diabéticas podem ter pré-eclâmpsia que é o aumento da pressão sanguínea repentino, e que geralmente causa parto prematuro com risco de vida para a mãe e o bebê.

Principais sintomas de parto prematuro

Para ter certeza que está tudo bem com a gestação, veja abaixo quais são os principais sintomas do parto prematuro e vá correndo para o hospital se detectar qualquer um deles, ou todos eles juntos.

  • Aumento da secreção vaginal normal e mudança no tipo de secreção;
  • Qualquer tipo de sangramento, por menor que seja;
  • Sentir mais de 4 contrações no período de tempo de uma hora, independente de sentir dores;
  • Dores abdominais que lembrem cólicas menstruais;
  • Pressão na região pélvica (sensação do bebê estar empurrando);
  • Dores novas e profusas nas costas, como se fossem ondas.

Esses são os principais indícios de um parto prematuro, se ocorrerem antes da 37ª semana, alguns são comuns durante a gestação, mas é preciso estar atenta para poder ir rapidamente para o hospital.

Em alguns casos de ameaça de parto prematuro, o médico poderá fazer uma série de exames para saber se está tudo bem com o bebê. Geralmente, são tomadas várias medidas para adiarem ao máximo o nascimento, porém quando a mulher está realmente em trabalho de parto é muito difícil fazer com que cesse.

Algumas futuras mamães, perguntam se tem o risco de terem parto prematuro, e essa pergunta ainda não tem uma resposta satisfatória, pois a medicina ainda não sabe muito bem, porque isso ocorre.

Apesar disso, existem exames de urina que podem ser feitos para a detecção de algumas bactérias específicas, que podem estar ligadas ao parto prematuro, mas isso ainda não é uma garantia de que seja possível prever quando, e se irá acontecer.

De qualquer forma, se você está grávida e anterior a 37ª semana, e sentir quaisquer um dos sintomas que relatamos acima, vá imediatamente para o hospital mesmo que for durante a noite, não é aconselhável esperar o dia seguinte.

Post Author: Sofia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *